25 de Agosto de 2010

    

 

 

 

                   

 

 

     

 

 

 

Amici, Salvate!

 

 

    Tenho andado a rever alguns filmes de Lubitsch e com renovado prazer; a re-re-re-rever. Ele foi, é, talvez, o maior de todos os realizadores de sempre de comédias de costumes. Ligeiro na aparência, incisivo na crítica, divertido no diálogo, às vezes em verso (One Hour with You - 1932), exímio director de artistas, rigoroso com a câmara, livre pensador, sem medo de confrontar o sexo, sempre com bom gosto, através de insinuações irónicas e finas, dá-nos horas de prazer cinematográfico. Em 1935 (des)graças à hipocrisia de William Harrison Hays, Sr., o fundador do censório Production Code, coadjuvado pelas fazedoras de opinião da "sociedade holywoodesca", muitos dos seus filmes foram proibidos nos "livres" EUA. Foi preciso esperar até 1968 (!!!), ano de várias conturbações mundiais, para que este medonho código de censura fosse substituído nos EUA pela divisão por idades, comum na Europa.

 

    Dirigiu filmes mudos e falados, musicais e sem música, uma opereta, A Viúva Alegre -1934, mas também dirigiu dramas com a mesma arte e rigor. 

 

    Quando realizou musicais, a música foi sempre uma continuação fuida do diálogo. Veja-se Monte Carlo - 1930.

 

    Outros filmes que recomendo vivamente: Trouble in Paradise - 1932; Design for Living - 1933; Ninotchka - 1939; The Shop Around the Corner - 1940; To Be or Not to Be - 1942; Heaven Can Wait - 1943.  

 

Valete

 

Raulus Antonius

 

P.S. Reparem bem nas duas fotografias do nosso homem: observador, perplexo, triste...

publicado por Raúl Mesquita às 02:15 link do post
|  O que é? | favoritos
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sabe, se V. não fosse europeísta não se chamava G....
Sabe, essa ideia de Europa Unida acho que é uma fi...
Obrigada pela visita.George Sand com toque feminin...
Cara George Sand:Gostei da sua visita e fui também...
É lindo o cravo. Convida a silêncios. Entrelaçados...
Tailon , óntos ?
Sou eu quem deve pedir desculpa então.Muito prazer...
A desculpe.Meu nome é Thailon mesmo. Thailon Azeve...
Caro Thailon:Obrigado por ter respondido à minha p...
Sim.Bem, como pode perceber, minha cantora predile...
Caro Thailon:Decerto reparou no último parágrafo d...
Mesmo sabendo que você fez esta lista com gostos p...
Meu querido Raul, o MesquitaA possibilidade de uma...
Deve com certeza ter, Cara Helena. Fascina-me a be...
Que belíssima peça e que som maravilhoso não terá....
Augusto-o-Ilustre:Agradeço as tuas sempre prontas ...
Meu amigo Raul, o MesquitaA música está sempre pre...
Cara Helena:Obrigado pela sua visita. Compreendo q...
O que me choca na foto:- Duas mulheres sem cabeça-...
Meu querido amigo Raul, o MesquitaNa época da guer...
Meu Caro:Vá por mim, não perca tempo com o Google ...
Ao Ilustre:Muito obrigado pelas tuas, sempre genti...
Ao Ilustre:Muito obrigado pelas tuas, sempre genti...
Este texto, mais que formular opinião, é uma aula ...
Caríssimo Raul, o MesquitaTenho que aceitar que a ...
Saudações! Já lhe terá ocorrido espreitar na lite...
Augusto, O Ilusre:Ficcionei ao escolher a ficção, ...
Meu caro amigo Raul, o MesquitaNão caias no erro d...
O Para vir. Com o álibi da troika! Estou à espera ...
Querido Amigo:Compreendo bem as tuas palavras e ag...
blogs SAPO