21 de Abril de 2010

 

 

Salvate Amici!

 

 apesar de tudo # de 

 

 

 

Escrevi hoje no blog de uma Amiga:

 

"Já me tinha apercebido do drama económico que vai acontecer, especialmente na Europa, por causa da longa paragem do espaço aéreo! Estão a acontecer simultaneamente muitas coisas. Sem defender cegamente a Igreja Católica (aliás nem sou baptizado, o que me dá bastante liberdade) e sem esquecer as barbáries por ela praticadas, noto que está a acontecer um esforço concertado para a destruir. Porquê? Porque não é liberal (economicamente) e será esse o motivo da sua perseguição."

 

Acho graça aos católicos "liberais". Liberalismo económico católico, que contradição! Só o tartufismo pode explicar...

 

Tento ser equilibrado.  Nem, nunca,  a horrível a Inquisição, com  a horrível tortura de corpos, de almas e de espíritos, nem a desenfreada ganância, que está a levar à construção de Igrejas que desconhecem o Humanismo, especialmente nos EUA e no Brasil, a favor de uma "religião" do dinheiro e do egoísmo.

 

Entendo o Humanismo como ajuda, Conservação da Vida e como tolerância dos costumes. Contraditório? Pensem, Amigos!

 

Valete,

 

Raulus Antonius.

 

 

 

 

publicado por Raúl Mesquita às 01:23 link do post
|  O que é? | favoritos
19 de Abril de 2010

 

Amici:

 

Não se assustem!

 

Um relato. Ontem estive numa tertúlia sobre poesia erótica portuguesa, especialmente do século XIX, e alguém durante o jantar disse que não celebrava nem o 25 de Abril nem o 1º de Maio. Quietly, perguntei se a pessoa era fascista? Respirou fundo e com um sorriso, como quem combate o Mundo, respondeu-me: "Sim". Respondi: "não gosto" e não disse mais nada. Mantive-me à mesa e apaludi os magníficos poemas ditos por essa pessoa, aliás com uma arte extraordinária. Admiração e amizade devem aguentar estas coisas, o que não impede que cada um não lute pelos seus ideais! Lembrei-me então de um jantar em casa de um diplomata português, há cerca de três anos, em que alguém trouxe a conversa perigosa de Israel para a mesa, afirmando que "os outros" eram umas bestas. A conversa tomou a proporção que me pareceu humana, à volta de uma mesa, mas, a certo ponto, houve o perigoso exagero! Deixei de poder ouvir chamar "os outros", seres inferiores e, convictamente, e com algum conhecimento de História e do Mundo, disse: "If you want peace, you must erase Israel from the Map." Reacções várias. Uma senhora bateu coma as duas mãos na mesa, à boa maneira alemã, e disse que era uma quarto judia (coisa que também sou, um quarto judeu, e que anunciei antes de fazer o meu statement), dois convidados do anfitrião, que estavam hospedados em casa dele (curiosamente da África do Sul - arrependidos Afrikaans?), atiraram com o guardanapo para cima de mesa e retiraram-se sem dizer nada, nem mesmo um sinal ao anfitrião, que, diplomata, não disse nada, embora talvez tivesse gostado da confusão. A senhora, mais chique, ficou, mas nessa noite não se despediu de mim. 

 

Get my point?

 

Valete,

 

Raulus Antonius.

publicado por Raúl Mesquita às 01:19 link do post
|  O que é? | favoritos
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sabe, se V. não fosse europeísta não se chamava G....
Sabe, essa ideia de Europa Unida acho que é uma fi...
Obrigada pela visita.George Sand com toque feminin...
Cara George Sand:Gostei da sua visita e fui também...
É lindo o cravo. Convida a silêncios. Entrelaçados...
Tailon , óntos ?
Sou eu quem deve pedir desculpa então.Muito prazer...
A desculpe.Meu nome é Thailon mesmo. Thailon Azeve...
Caro Thailon:Obrigado por ter respondido à minha p...
Sim.Bem, como pode perceber, minha cantora predile...
Caro Thailon:Decerto reparou no último parágrafo d...
Mesmo sabendo que você fez esta lista com gostos p...
Meu querido Raul, o MesquitaA possibilidade de uma...
Deve com certeza ter, Cara Helena. Fascina-me a be...
Que belíssima peça e que som maravilhoso não terá....
Augusto-o-Ilustre:Agradeço as tuas sempre prontas ...
Meu amigo Raul, o MesquitaA música está sempre pre...
Cara Helena:Obrigado pela sua visita. Compreendo q...
O que me choca na foto:- Duas mulheres sem cabeça-...
Meu querido amigo Raul, o MesquitaNa época da guer...
Meu Caro:Vá por mim, não perca tempo com o Google ...
Ao Ilustre:Muito obrigado pelas tuas, sempre genti...
Ao Ilustre:Muito obrigado pelas tuas, sempre genti...
Este texto, mais que formular opinião, é uma aula ...
Caríssimo Raul, o MesquitaTenho que aceitar que a ...
Saudações! Já lhe terá ocorrido espreitar na lite...
Augusto, O Ilusre:Ficcionei ao escolher a ficção, ...
Meu caro amigo Raul, o MesquitaNão caias no erro d...
O Para vir. Com o álibi da troika! Estou à espera ...
Querido Amigo:Compreendo bem as tuas palavras e ag...
blogs SAPO