25 de Novembro de 2009

 

Amici, Salvate!

 

Hoje não tenho nada para vos dizer, mas talvez seja uma maneira de vos contar alguma coisa. Humm..., olha, lembrei-me: um exemplo da minha escrita de ficção, para aqueles que ainda não tiveram o deleite de a apreciarem (podia dizer LOL ou "risos", mas para quê, para ser o Tartufo, de Molière?) Segue:

 

   

 

- Minha Senhora, chegou uma primita minha da terra. Nunca veio a Lisboa. Posso voltar mais tarde hoje? Bem, ... é que... é que eu gostava de a levar à Comédia para ela ver coméqué.
 
- E onde vai ficar essa tua prima?
 
- Em casa da minha tia.
 
- Qual?
 
- A do Rossio.
 
- A que vive nas águas-furtadas por cima da loja de tecidos a metro?
 
- Sim, Minha Senhora.
 
- Bem, está bem.
 
- Muito obrigado, Minha Senhora.
 
- Olha, vai ao meu quarto e vê se a minha bolsa de cetim está em cima do canapé aos pés da cama. Trá-la.
 
.... ...
 
- Estava, estava, Minha Senhora.
 
- Ai, onde é que pus o porte monnaie? Sim, aquela bolsinha de prata... O lorgnon, a caneta, o pó de arroz, o rouge à lèvres...ah, está aqui! Olha, Cecília, toma lá isto mas não é para gastares mal, é para convidares a tua prima para um café durante o intervalo. E.... não venhas muito tarde. Quero-te aqui às dez horas o mais tardar. E nada de falar com homens. Domingo à noite e, ainda por cima, na Comédia...
 
- Está bem, Minha Senhora, não se preocupe. A minha prima é idónea...
 
- Aonde é que foste buscar essa palavra? Por que é que encarniças? O que fizestesss?
 
- Ai, Minha Senhora, é que eu... é que eu li um bocadinho daquele livro que Senhora está a ler...
 
- Hum, está bem. Mas devias ter pedido licença. Valeu a pena ter corrigido a tua escrita. Eu trato bem as criadas.
 
- Eu sei, Minha Senhora. Já estou cá há oito anos.
 
- És quase como Família, eu sei. Mas falas um bocadinho demais com o moço de fretes do lugar...
 
- Ai, Minha Senhora, que a minha alma caia já aqui! Eu não sou dessas!
 
- Bem, mudemos de assunto. E aquele teu tio que tem o restaurante das iscas no Largo da São Domingos, nunca mais ouvi falar dele?
 
- Ó Minha Senhora, não é que ele andava com duas mulheres ao mesmo tempo!
 
- O quê?
 
- Desculpe, Minha Senhora, mas é verdade.
 
- Não quero que o voltes a ver. Mas... o que é isso tinha a ver contigo?
 
- Eu sou amiga da minha amiga. A Celeste é boa piquena e ele tinha-le prometido em casamento. Ma s aquela lamb'sgóia  da Virgínia quis roubar-le o meu tio Inácio.
 
-Lambisgóia?
 
- Desculpe, Minha Senhora, é uma maneira de dizer.

 

 - Está bem, continua.

 

- Então, eu no Domingo passado, faz hoje oito dias, fui ter com a Celeste e disse-le: Ai Celeste, não é que o Inácio, hein, hein... o Ti Nácio tem outra! Digo-te isto porque sou muito tua amiga. Ai, Minha Senhora, chorou tanto...

 

- Bem, acho que procedestesss mal, ó Cecília. Quando se gosta de uma pessoa não se faz intrigas. Mas, enfim, tu és uma criada, não podes saber estas coisas. Olha, vai lá, mas volta às dez o mais tardar.

 

- Obrigada, Minha Senhora.

   

 

Sem nada para dizer...?

 

Valete.

 

Raulus

publicado por Raúl Mesquita às 00:11 link do post
|  O que é? | favoritos
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
18
19
20
21
24
26
27
29
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sabe, se V. não fosse europeísta não se chamava G....
Sabe, essa ideia de Europa Unida acho que é uma fi...
Obrigada pela visita.George Sand com toque feminin...
Cara George Sand:Gostei da sua visita e fui também...
É lindo o cravo. Convida a silêncios. Entrelaçados...
Tailon , óntos ?
Sou eu quem deve pedir desculpa então.Muito prazer...
A desculpe.Meu nome é Thailon mesmo. Thailon Azeve...
Caro Thailon:Obrigado por ter respondido à minha p...
Sim.Bem, como pode perceber, minha cantora predile...
Caro Thailon:Decerto reparou no último parágrafo d...
Mesmo sabendo que você fez esta lista com gostos p...
Meu querido Raul, o MesquitaA possibilidade de uma...
Deve com certeza ter, Cara Helena. Fascina-me a be...
Que belíssima peça e que som maravilhoso não terá....
Augusto-o-Ilustre:Agradeço as tuas sempre prontas ...
Meu amigo Raul, o MesquitaA música está sempre pre...
Cara Helena:Obrigado pela sua visita. Compreendo q...
O que me choca na foto:- Duas mulheres sem cabeça-...
Meu querido amigo Raul, o MesquitaNa época da guer...
Meu Caro:Vá por mim, não perca tempo com o Google ...
Ao Ilustre:Muito obrigado pelas tuas, sempre genti...
Ao Ilustre:Muito obrigado pelas tuas, sempre genti...
Este texto, mais que formular opinião, é uma aula ...
Caríssimo Raul, o MesquitaTenho que aceitar que a ...
Saudações! Já lhe terá ocorrido espreitar na lite...
Augusto, O Ilusre:Ficcionei ao escolher a ficção, ...
Meu caro amigo Raul, o MesquitaNão caias no erro d...
O Para vir. Com o álibi da troika! Estou à espera ...
Querido Amigo:Compreendo bem as tuas palavras e ag...
blogs SAPO