28 de Novembro de 2009


 

 

Amici, Salvate! 

 

Escrevo mais de noite, de todas as formas, em todos os sítios. Aqui, nos meus romances, nas minhas memórias, onde quer que eu esteja. O silêncio ajuda-me. O único som que tolero é o musical. Mas agora mesmo nem desse preciso. Preciso, sim, da vossa companhia. Não sei se todos Vós vos sentis tão solitário como eu. É difícil medir, compreendo. Gosto de estar com pessoas, de falar, de rir, de ficar em fotografias, mas no fim fica um vazio, uma solidão que só convosco, leitores por enquanto anónimos, sei partilhar.

 

A escrita, diz-se, é um acto solitário. É. Creio que não há escritores felizes, isto sem entrar em controvérsias académicas sobre o que é "a felicidade". Sei que me dá prazer escrever como me dá prazer ouvir música do século XVIII e trabalhar sobre ela.

 

Considerem este desabafo como uma prova da minha amizade por vós.

 

 

 

Bom sábado!

 

Valete.

 

Raulus.

 

 

publicado por Raúl Mesquita às 01:48 link do post
|  O que é? | favoritos
" Os dias são à noite" - Madredeus.
Bom fim de semana para si também,
Carlos Vargas a 28 de Novembro de 2009 às 09:27
O silêncio é o refúgio dos que se cansam de ouvir.
A música é a voz da discordância.
Pesando ambas estas pérolas, parece-me que tem o equílibrio certo. :D
José Santos a 28 de Novembro de 2009 às 10:15
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
18
19
20
21
24
26
27
29
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sabe, se V. não fosse europeísta não se chamava G....
Sabe, essa ideia de Europa Unida acho que é uma fi...
Obrigada pela visita.George Sand com toque feminin...
Cara George Sand:Gostei da sua visita e fui também...
É lindo o cravo. Convida a silêncios. Entrelaçados...
Tailon , óntos ?
Sou eu quem deve pedir desculpa então.Muito prazer...
A desculpe.Meu nome é Thailon mesmo. Thailon Azeve...
Caro Thailon:Obrigado por ter respondido à minha p...
Sim.Bem, como pode perceber, minha cantora predile...
Caro Thailon:Decerto reparou no último parágrafo d...
Mesmo sabendo que você fez esta lista com gostos p...
Meu querido Raul, o MesquitaA possibilidade de uma...
Deve com certeza ter, Cara Helena. Fascina-me a be...
Que belíssima peça e que som maravilhoso não terá....
Augusto-o-Ilustre:Agradeço as tuas sempre prontas ...
Meu amigo Raul, o MesquitaA música está sempre pre...
Cara Helena:Obrigado pela sua visita. Compreendo q...
O que me choca na foto:- Duas mulheres sem cabeça-...
Meu querido amigo Raul, o MesquitaNa época da guer...
Meu Caro:Vá por mim, não perca tempo com o Google ...
Ao Ilustre:Muito obrigado pelas tuas, sempre genti...
Ao Ilustre:Muito obrigado pelas tuas, sempre genti...
Este texto, mais que formular opinião, é uma aula ...
Caríssimo Raul, o MesquitaTenho que aceitar que a ...
Saudações! Já lhe terá ocorrido espreitar na lite...
Augusto, O Ilusre:Ficcionei ao escolher a ficção, ...
Meu caro amigo Raul, o MesquitaNão caias no erro d...
O Para vir. Com o álibi da troika! Estou à espera ...
Querido Amigo:Compreendo bem as tuas palavras e ag...
blogs SAPO